Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Nossa cidade é abençoada com uma geografia que vai da serra ao mar. A imagem dos botos-cinza nadando na Baía de Guanabara com o nosso Dedo de Deus e as demais montanhas da Serra dos Órgãos ao fundo ilustra tamanha riqueza. Nosso passeio, realizado por pescadores e barqueiros locais, começa pelo Pantanal Fluminense, na Área de Proteção Ambiental (APA) de Guapimirim. Depois, seguindo pelo rio Guaraí, conhecemos melhor o manguezal, a pesca artesanal e algumas aves típicas da região.

Já na Baía, entendemos como funciona o controle dos currais de pesca e fazemos uma parada para a observação dos botos-cinza. O retorno acontece pelo rio Guapimirim, onde mostramos o habitat do jacaré-de-papo-amarelo, falamos mais um pouco sobre a atuação da APA, os peixes típicos dos nossos rios e observamos pescadores e caranguejeiros que tiram seu sustento desta região.

Apesar de sua graciosidade e encanto, estes animais são na verdade um símbolo de resistência ao violento processo de degradação de seu habitat. A APA de Guapimirim é a responsável pela manutenção do único manguezal preservado do entorno da Baía – que, na década de 80, chegou a ter mais de 500 golfinhos em suas águas (hoje são apenas 35). Venha conhecer de perto esta maravilha tão ameaçada e se engaje com a causa!

ATENÇÃO: ATRAÇÃO SUJEITA A ALTERAÇÕES DEVIDO A MUDANÇAS CLIMÁTICAS.

Duração: 2 horas e 30 minutos
Serviços inclusos: guia, explanações, barco e colete salva-vidas
Preço por pessoa: R$ 100
Crianças até 3 anos não pagam por irem no colo. De 4 a 7 anos têm 50% de desconto.

 
Translate »