A singela Capela de Nossa Senhora da Conceição

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

História, fé, arte e beleza. Estas palavras resumem a áurea em torno de um dos lugares mais bonitos da cidade. A singela Capela de Nossa Senhora da Conceição do Soberbo divide opiniões quanto à data de sua construção – sendo 1713 tida como a oficial. Os primeiros batismos da família real e da corte portuguesa teriam acontecido no pequeno templo, localizado em meio a uma bifurcação do rio Soberbo, no antigo leito da estrada de ferro que passava pela nossa cidade, ligando o Porto de Piedade, em Magé, a Teresópolis.

Já o escritor Edson Ribeiro alega que os relatos quanto a uma capela existente na propriedade dos Amorins não diz respeito a esta. Ele afirma ainda que esta preciosidade de Guapimirim teria sido erguida em 1851 pelo então chefe da Guarda Nacional de Magé, Guilherme Pinto Magalhães, com a ajuda de Custódio Ferreira Leite.

Polêmicas à parte, o valor artístico e histórico da capela é inquestionável. Localizada na Sede Guapimirim do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, é coberta por telhas francesas e cercada por muros de arrimo (escorados), além dos alpendres laterais muito comuns na arquitetura rural fluminense dos séculos XVIII e XIX. Em 1989, foi tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC) e restaurada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBIO) em 2011.

Aconteciam missas na capelinha todo segundo e último sábado de cada mês, mas o acesso agora se encontra interditado por conta do estado precário da ponte que conecta público a ela – já que se encontra em uma bifurcação do Rio Soberbo. A GuapimirimTur oferece caminhadas, trilhas e passeios que exploram esta região com segurança, responsabilidade e todo o carinho que ela merece. Ficou interessado? Vem com a gente!

Deixe uma resposta